6 de março de 2011

PAUL CÉZANNE

Os jogadores de carta

Tais Luso de Carvalho

Cézanne, filho ilegítimo de um rico banqueiro, nasceu na França em 1839. Quis ser artista desde a infância, porém seu pai desaprovava. O medo da insegurança - por ser adotado - e o medo de seu autoritário pai, o perseguiram por toda a vida. Mas aos 22 anos conseguiu ir para Paris estudar arte e conviver com artistas.

Era um jovem com grandes momentos de depressão e seus sentimentos de baixa-estima o levaram a destruir muitas de suas obras. Era desesperado por ser aceito na elite artística de Paris. Assim voltou mais tarde para sua cidade Aix-en-Provence. Mas em 1862 retornou à Paris para viver como artista.

Ao lado de seu grande amigo Émile Zola tornou-se ativamente político e revolucionário. Dizia que o artista é um mero gravador de percepções sensoriais e que poderia revolucionar a pintura apenas com uma maçã... De fato, suas naturezas mortas são grandiosas pela espontaneidade dos tons. Com o tempo sua pintura tornou-se simplificada ao ponto de ser reduzida a limites quase geométricos, quase cubistas, conseguindo efeitos de perspetiva apenas pelo uso da cor.

O próprio Cézane definia seu estilo como arquitetônico; ele dava ao corpo uma abstração natural, não queria nada além de superfícies e volumes pictóricos, segundo o russo Malevitch sobre seu quadro Os Banhistas, enchia a tela com volumes e cor, superando o traço.

Cézane levou tempo para ser aceito e reconhecido no mundo das artes, e quase nada vendeu em vida. Quando suas obras foram rejeitadas pelo Salão de Paris, Cézanne foi consumido por uma intensa depressão, mas desta vez perseverando. 

Em 1863, numa exibição alternativa – Salón des Refusés, Cézane expôs ao lado de outros artistas, também rejeitados, como Édouard Monet, Camille Pissarro e Henri Fantin-Latour. Vinte anos mais tarde, a primeira de suas obras foi aceita pelo Salão de Paris.

Suas primeiras obras eram tristes, sombrias e melancólicas, porém seu estilo mudou na década de 1870, quando se apaixonou por Hortense Fiquet – 19 anos, e com ela teve um filho. Também ligou-se aos impressionistas. Mas sempre pensava em algo mais sólido e durável.

Em 1874, embora não se considerasse um impressionista, apresentou suas obras com o grupo. Foi influenciado pela arte flamenca, pintando naturezas mortas com as cores usadas pelos artistas flamencos.

Em 1886 ficou muito magoado com seu amigo Émile Zolá (amigos desde o collêge Borbon – 1852) pela semelhança do personagem do seu romance L'Oeuvre, contando a história de um artista fracassado... Nesse mesmo ano casa-se com Hortense da qual nasce seu filho.

Ao saber de sua família, seu pai reduz muito a ajuda financeira; porém é ajudado pelo amigo e escritor Émile Zolá o qual mais tarde vendo o luxo em que Zolá vivia, Cézanne fica desconcertado e afasta-se do amigo. Seu pai morre pouco depois deixando-lhe uma fortuna considerável. Mais tarde volta a morar em Aix enquanto sua família fica em Paris.

Sucedem, após, várias exposições o qual vende seus quadros alcançando preços muito bons. Em 15 de outubro, diabético, adquire pneumonia vindo a falecer.

Segundo Pablo Picasso: Meu primeiro e único mestre, Cézane foi um pai para todos nós.

Foi ousado no uso da cor, perspectiva inovadora, preocupava-se com formas geométricas e fazia um perfeito intercâmbio entre luz e sombra.

Auto retrato / 1890

Natureza morta

Os Banhistas
Natureza morta
O grande pinheiro / 1885


25 comentários:

  1. Acabei de ler o livro Cromatismo Cezanneano, de José Maria Dias da Cruz, mas ainda não hvia lido a biografia dele. adorei ler aqui, pois vem completar e aguçar meus sentido. Cézanne já se torno outro, bm mais palpável.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. A great artist, great colors!
    Thank you for your photos and full REPORTAGE!
    Many Greetings
    Magda

    ResponderExcluir
  3. Olá Taís,
    Muito bons posts. A matéria sobre Cézzane está simples e acessível o que é ótimo. Gostei muito também do Ernesto Sabato. Por último o ouro dos Sumérios, excelente.
    Parabéns e um grande abraço, Loyde manda um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Adoro a Cézanne, bonita entrada.
    Bss.

    ResponderExcluir
  5. Olá minha querida, aproveito seu espaço para mandar-lhe um grande abraço pelo dia internacional da MULHER.Que realmente possamos fazer a diferença.Um bom carnaval.

    ResponderExcluir
  6. Sempre um prazer,visitar teu blog.
    A cultura apresentada sobre um prisma
    de extremo bom gosto.

    ResponderExcluir
  7. Amiga excelente post.
    Hoje é o dia de TODAS as mulheres, de TODAS as raças e religiões, mulheres que se esquecem tantas vezes de si em prol da família, mulheres que lutam por uma vida melhor, mulheres companheiras, amigas, colegas, mães, mulheres que sorriem quando a alma chora, mulheres que não desistem de alcançar os seus sonhos e que no fundo do seu coração apenas desejam encontrar o seu caminho na estrada da VIDA.
    Para uma grande mulher, com uma sensibilidade maravilhosa eu desejo um DIA muito feliz.
    beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  8. Perfeito amiga, parabéns pela qualidade do seu texto!

    Aproveito para lhe desejar parabéns pelo seu dia especial!

    Abraços renovados!

    ResponderExcluir
  9. Olá gostaria que visita se meu blog que é dedicado a cultura. Espero que goste nele tenho uma coluna poética aos sábados ás 09 da manhã espero poder contar com sua visita.

    Sucesso em seu espaço.

    Magno Oliveira
    Twitter: @oliveirasmagno ou twitter/oliveirasmagno
    Telefone: 55 11 61903992
    E-mail oliveira_m_silva@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. une belle diversité..

    ResponderExcluir
  11. as naturezas mortas de cezanne sao uma coisa fabulosa ! para não falar já nas paisagens ne, realmente é um artista de exemplo e um grande marco para toda a pintura !! as cores e as formas eram sem dúvida uma caracteristica :) muito bom o post !

    ResponderExcluir
  12. Muito legal, Taís. Apresentação objetiva e com conteúdo. Sempre bom conhecer melhor os mestres da arte universal. Parabéns!

    ResponderExcluir
  13. Não sei bem sobre artes em pinturas de quadros...mas li todo texto narrado e fiquei aqui pensando, a dificuldade que um "grande futuro" artista, passa para sua obra ser reconhecida. E se não tivesse ele insistido no que sabia muito bem fazer, e ter tido a paciência necessária para se fazer conhecido, hoje deixaríamos de estar admirando tão lindas obras, de um verdadeiro artista que foi.
    E quantos não estão espalhados nesse mundo, esperando que alguém veja com olhos de um "pintor", a grandeza da sua obra.
    Perdemos muito com isso...pois a arte é algo que encanta o coração através do olhar, em busca de inspiração.
    Um dia lindo amiga.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  14. Lindo o post!!!!!Aproveito e agradeÇo a sua gentil visita,bjcas.....

    ResponderExcluir
  15. Muito bem feito o post sobre a vida e artes de Cézzane, parabéns!
    Taís, tbém estou passando para dizer que agora o palavras de um novo mundo tem um selo exclusivo feito especialmente para blogs e pessoas como vc. Está lá te esperando, se gostar traga-o com você. Bjs. Rosa

    ResponderExcluir
  16. Acho que Cézanne se impôs pelas cores fortes que ousou colocar nas suas telas e pela natureza morta que ganhou "vida" através do seu pincel.
    Gostei de ler aqui a sua biografia muito completa e acessível.
    Os teus posts são sempre aulas de verdadeira arte e só tenho que te agradecer por isso.
    Beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  17. Taís querida, como sempre aqui eu encontro muita cultura.Bom saber sempre mais sobre tudo e,em seu blog saio sempre com vontade de ficar por aqui.Obrigada pelo seu espaço.Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  18. Vida de artista nunca foi fácil, tanto no passado, como nos dias de hoje. Cezanne era uma pessoa mto determinada, e vivia a fazer estudos, e com isso descobriu uma nova maneira de se expressar. Digamos que através dele houve uma revolução, onde a pintura deixou de ser uma coisa toda certinha, dando liberdade de se construir novas maneiras pra se chegar ao mesmo ponto...de equilíbrio, satisfação, e beleza.
    Adorei a postagem!
    Bjos.
    WaleriaLima.

    ResponderExcluir
  19. De fato um artista nato! Eis que o poder da perseverança prevaleceu!

    Abraços e parabéns por tão mágica postagem!

    ResponderExcluir
  20. COMO PARTICIPAR NAS EDIÇÕES DO EPISÓDIO CULTURAL?
    O Fanzine Episódio Cultural é um jornal bimestral sem fins lucrativos, distribuído gratuitamente no sul de Minas Gerais, São Paulo (capital), Salvador-BA e Rio de Janeiro. Para participar basta enviar um artigo sobre esporte, moda, sociedade, curiosidades, artesanato, artes plásticas, turismo, biografias, livros, curiosidades, folclore, saúde, Teatro, cinema, revistas, fanzines, música, fotografia, mini contos, poemas, etc.
    Contato: Carlos (editor)
    machadocultural@gmail.com
    http://www.fanzineepisodiocultural.blogspot.com
    Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=1464676950&ref=profile
    VEJA O FANZINE EPISÓDIO CULTURAL NA FEIRA DO LIVRO DE POÇOS DE CALDAS 2011
    http://www.feiradolivropocosdecaldas.com.br/
    GOSTARIA DE DIVULGAR SEUS POEMAS, ARTIGOS, CONTOS, ETC, NO MEU FANZINE EPISÓDIO CULTURAL (Edição impessa)? Envie seus textos e fotos para machadocultural@gmail.com

    ResponderExcluir
  21. Anônimo16:37

    adorei este texto nos ajuda bastante

    ResponderExcluir
  22. Anônimo20:53

    muito bom com bastate credibilidade e imformação

    ResponderExcluir
  23. Anônimo14:44

    Gostei muitooo mesmo mas deveria ter mas fts das obras pois tenho um rabalho para entregar falando de todas as obras dele ... aqi so tem algumas se vc saberem onde eu encontro mais me avise ficarei bastanteeeeeeeeee agraecidaaaaaaaaaa... E tb preciso das obras de Leonardo da Vinci principalmente os quadros dele da Monalisa e muitos outros... Obrigadaaaaaa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, anônima (o)! Estão aí mais obras pra você. Porém não posso colocar todas as obras de Cézanne, coloco algumas para mostrar o estilo. São muitas!

      Na parte de cima, no blog está a guia de 'Museus do Mundo'. Dê uma olhada.
      Quanto à Mona Lisa está na coluna, índice, como na foto de cada artista, clicando você sai na postagem.
      http://taislc.blogspot.com.br/2010/08/um-pouco-de-mona-lisa.html

      Peço-lhe um favor: da próxima vez entre colocando seu nome (onde diz nome/url), não entre como anônimo, ok? Fica difícil responder.
      Abraços.

      Excluir
  24. Anônimo12:52

    esse paul cézanne é um grande pintor. parabéns

    ResponderExcluir

MUITO OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO - VOLTE SEMPRE!

COMENTÁRIOS ANÔNIMOS NÃO SERÃO MAIS POSTADOS NO BLOG,