20 de abril de 2013

TARSILA DO AMARAL / OBRA

ABAPORU

TARSILA DO AMARAL nasceu em 1º de setembro de 1886, no município de Capivari / São Paulo. Seu pai, José Astanislau do Amaral herdou grande fortuna de seu pai, dono de inúmeras fazendas em São Paulo, onde Tarsila passou a infância e boa parte da adolescência.  

Em 1906 Tarsila casou-se com André Teixeira Pinto, com quem teve sua única filha, Dulce. Após sua separação começa a estudar escultura em 1916 com Zadig e Mantovani em São Paulo. Pouco depois, desenho e pintura com Pedro Alexandrino.  

Sua carreira artística começa em 1916 e só em 1920 viaja para a Europa e ingressa na Académie Julian em Paris frequentando o ateliê de Émile Renard.

Em 1922 volta ao Brasil e se integra no grupo modernista com Anita Malfatti, Osvaldo de Andrade, Mário de Andrade e Menotti Del Picchia entre outros. Começa aí, seu namoro com Oswald de Andrade.

Como tantos outros artistas, que fizeram parte do Movimento Modernista, Tarsila virou-se para os temas brasileiros, singelos, ampliando a técnica cubista e criando, também, uma atmosfera do mundo surrealista, com obras como Abaporu. Foi uma das artistas que mais acompanhou os literatos e participou dos movimentos Pau-Brasil e Antropofagismo.

Volta à Europa em 1923. Estuda com Albert Gleizes e Fernand Léger, grandes mestres cubistas. Inicia sua pintura Pau-Brasil, dotada de cores e temas brasileiros. Casa-se no mesmo ano com Oswald de Andrade.

Em 1928 pinta o Abaporu para dar de presente de aniversário a Oswald que se empolga com a tela e cria o Movimento Antropofágico. É deste período a fase antropofágica da sua pintura.  Em 1930 separa-se de Oswald.  

A teoria antropofágica propunha que os artistas brasileiros conhecessem os movimentos estéticos modernos europeus, mas criassem uma arte com feições brasileiras. De acordo com esta proposta, para ser artista moderno no Brasil, não bastava seguir as tendências europeias,  era preciso criar algo enraizado na cultura do país.

Na época em que pintou A Negra e o Auto-retrato, em 1923, passou pela influência impressionista e em seguida encontrou as tendências modernas da pintura européia. Foi nessa fase que ligou-se a importantes artistas do modernismo europeu, como Fernand Léger, Picasso, De Chiric, Brancuse, entre outros.

Depois de uma viagem que fez aos países socialistas, no início dos anos 1930, Tarsila passou por uma fase de temática social, da qual é exemplo significativo o quadro Operários. Sua última obra foi o mural Procissão do Santíssimo em São Paulo no séc XVIII, encomenda pelo governo do Estado de S.Paulo e pintado em 1954.

Em 1933 pinta Operários e dá início à pintura social no Brasil. Daí em diante passa a viver com o escritor Luís Martins, por quase vinte anos.
Faleceu em São Paulo no dia 17 de janeiro de 1973. Tarsila colaborou decisivamente para o desenvolvimento da arte moderna brasileira.

Manteau Rouge


Antropofagia - 1929
Nessa obra sente-se, em uma só tela, a fusão de ABAPORU e A NEGRA

A Família


'Essa obra, intitulada A Negra- 1923, talvez tenha a ver com a saudade da artista de sua terra natal, no interior paulista onde as fazendas de cafezais ficaram em sua lembrança. Uma figura cheia de simbolismos: de lábios grossos, olhar melancólico, deformada, mostrando cansaço pela  opressão da raça negra.  Aparece despida, com seio à mostra, lembrando, de certa forma, a formação e o sustento da raça brasileira'.

O Carnaval
Operários


Estrada de Ferro Central do Brasil
Fontes: História da Arte/ G. Proenza - Como entender a pintura moderna / C.Cavalcanti
Arte Brasileira - Percival Tirapeli / Companhia Editora Nacional

25 comentários:

  1. adoroo ass obrass do tersila de amaral e as fotos

    ResponderExcluir
  2. O MELHOR QUADRO DELA É O ABAPURU

    ResponderExcluir
  3. alceu08:08

    minhas crias( alunos ) apreciaram...um abraco
    prof Alceu
    Pomerode SC

    ResponderExcluir
  4. Anônimo18:27

    eu gostei do abaporu

    ResponderExcluir
  5. Olá Taís,
    como sempre uma grande contribuição para a cultura. Tarsila é a síntese do movimento modernista e o resumo biográfico ficou excelente!
    Um grande abraço, Loyde sua fã, manda beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Antonio, é verdade, deixou uma obra magnífica e inovadora. Impactante!
      Obrigada, Antonio, sua presença aqui é sempre muito especial, tratando-se de um artista como você.

      Abraços, envio beijo para Loyde, a musa de seu atelier.

      Excluir
  6. Olá Tais!
    Não conhecia esta artista! Foi bom vir aqui...aprendi algo de novo e vi as obras da pintora. Gostei, sinceramente.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Emilia, Tarsila é uma de nossas maiores artistas do movimento Modernista. Que bom que gostou!
      Um beijo pra você, aí nesse lindo Portugal!

      Excluir
  7. Trata-se de um espaço de excelência, onde a sua autora, Tais Lusa, nos ensina a olhar para a Pintura e para a Escultura, desmultiplicando a linguagem pictória, para a tornar inteligível para o comum dos leitores, pois, numa obra de arte, não basta captar o efeito estético imediato, sendo também importante perceber o seu sentido e significado. Só com esta abrangência é possível mergulharmos no intenso mundo das emoções, que uma obra de arte desencadeia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alexandre, bem-vindo ao blog! Muito obrigada por suas palavras, você acertou: tento passar as coisas de uma maneira bem simples e pinçar o que acho interessante; o que eu, como leitora, também gostaria de saber, com uma linguagem que revele, também, o mundo particular do artista.

      Um abraço, obrigada pela sua presença.

      Excluir
  8. Tais Luso: Já procedi ao agradecimento público (é uma minha regra protocolar)da sua adesão ao Alpendre da Lua. Espero que goste dos meus textos, dos meus poemas e dos meus contos. Eu vou segui-la aqui, com muita atenção e interesse. Um abraço.
    Alexandre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço sua gentileza, Alexandre, serei sempre leitora de seu blog, há matérias muito interessantes que pretendo ler em breve.
      Muito obrigada.
      Abraços.

      Excluir
  9. É sempre muito bom, e importante, revisitar a obra de Tarsila do Amaral, principalmente quando o texto biográfico é preparado com tanto zelo e perfeição. Gosto de muitos artistas do "meu século", o XX...a turma de 22, é imbatível!
    Um abraço, Taís,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um abraço, Lúcia, muito obrigada pela sua presença.
      Agradeço suas palavras!

      Excluir
  10. Conhecia a tela Abaporu mas não sabia nada da sua autora...Tenho agora noção como Brasil é grande nos seus artistas em todas as áreas e de um modo tão bem exposto por ti que é impossível ficar indiferente. Obrigada,Amiga.
    beijo
    Graça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Graça, é verdade temos ótimos artistas, mas na verdade, artista não tem pátria, é do mundo! São abraçados e acarinhados pela beleza que fazem e que deixam. São como os escritores, poetas...

      Beijos, amiga, obrigada!

      Excluir
  11. Olá querida!
    Descobri seu blog por acaso e me interessei bastante pelo mesmo. Estou te seguindo, se puder e quiser retribuir agradeço.

    Sandra Valéria

    http://sandraartesspa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sandra, obrigada pela sua visita, irei conhecer seu blog sim; faço sempre isso com meus visitantes.
      Volte sempre.
      Um beijo!

      Excluir
  12. Cara pintora, Tarsila do Amaral: Não me enganei quando lhe enalteci o mérito e o valor. Mas não só eu. Outros, com mais saber, também reconheceram o seu trabalho:
    http://www.elfikurten.com.br/2013/04/tarsila-do-amaral-desbravadora-do.html
    Abraço
    Alexandre de Castro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Alexandre de Castro, li o link sobre a pintora Tarsila do Amaral: completo, excelente! Parabéns a quem fez a matéria de tão importante artista plástica brasileira. Recomendo.
      Abraço.

      Excluir
  13. Tais luso responda todas essas questão pra mim por favor , a imagem de operários de tarsila do amaral ! 1- qual o tiulo da obra ? como ela se retrata-os na imagem ? 2- qual a diferença em termos de desenho entre a fabrica e as pessoas ?oque isso mostra ? 3- é importante a diferença entre a cor do céu e das chamines ? por que ? 4- os operários estão em 1° ou 2° plano ? por que ? , mt obrigado se alguem responder

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kátia, o título da obra você está dizendo ' Operários'. Dê uma olhada nestes links, responde todas as suas perguntas, e bem rápido como você precisa.
      Um abraço.

      http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2012/05/22/934979/conheca-operarios-tarsila-do-amaral.html

      http://vejasp.abril.com.br/materia/quadro-operarios-de-tarsila-do-amaral-sao-paulo

      Excluir
  14. Amooooooooooooooooo
    As obras dela,porque estou estudando ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, um abraço a vocês, Patricia e Carla!

      Excluir

- PEÇO QUE NÃO COLOQUEM COMENTÁRIOS ANÔNIMOS, COLOQUE SEU NOME NO FINAL DE SEU COMENTÁRIO.

- MUITO OBRIGADA PELA SUA VISITA.