27 de outubro de 2008

KATHE KOLLWITZ

Desenho de Kathe Kollwitz
Kathe Schmidt nasceu em 1867, em Konigsberg. Filha de um ex-estudante de direito, forçado - por motivos políticos - a trocar a vida acadêmica pelo ofício de pedreiro. Desde os 13 anos Kathe começou a aprender desenho. Mais tarde foi para Berlim e Munique, onde se naturalizou com o movimento naturalista, então em plena expansão.

Em 1891 se casa com o jovem médico Karl Kollowitz, mudando-se então para Berlim. Divide seu tempo em ajudar o marido, mãe de dois filhos e artista.
Expôs pela primeira vez em 1893 chamando a atenção da crítica berlinense. A série ‘Levante dos Tecelões’ em 1893, na Grande Exposição de Arte de Berlim alicerça a fama da artista, reafirmada em novos trabalhos.
 
Em 1908 recebe o prêmio Vila Romana – uma bolsa custeando os estudos em Florença. Após perder seu filho em 1914, um jovem de 18 anos, nos campos de batalha de Flandres ficou muito abalada, o que veio a repercutir em muitas de suas obras.
 

Em 1919 a artista tornou-se membro da Academia de Artes da Prússia, cujo estúdio de artes gráficas dirigiu a partir de 1928. Após 1933 sua arte foi proscrita pelo regime nazista.
Kathe faleceu em 1945, quinze dias antes do fim da guerra. Deixou inúmeros trabalhos de grande relevância.
Acima, à direita, Pietá / de Kathe Kollwitz.

Um comentário:

  1. Tais, você realmente é a mais completa, e a que mais me encanta.
    Käthe, é para mim a maior de todas a maior pintora do mundo.
    Congratulações
    Beijos
    Bom Natal e Feliz ano novo.

    ResponderExcluir

MUITO OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO - VOLTE SEMPRE!

COMENTÁRIOS DE ANÔNIMOS NÃO SÃO POSTADOS NESTE BLOG,